Faker - Como gerar grandes massas de dados fictícios para testes

Tulio Faria16 de maio de 2017

O Faker é um módulo do Node que usamos para gerar dados fictícios para testes, como para popular um banco de dados, por exemplo. Isso é muito útil quando queremos gerar uma grande massa de dados e estamos sem criatividade para gerá-la. Além disso, ele evita a utilização de dados que pareçam reais, pois eles podem gerar algum desconforto posteriormente.  A primeira coisa que você precisa fazer é instalar o módulo:

yarn add faker

Vamos criar um arquivo novo. (No meu caso, usarei o nome gen-data.js, mas pode ser qualquer nome que lhe agrade). :) Dentro dele faremos o seguinte código:

const faker = require('faker')

console.log(faker.name.firstName(), faker.name.lastName())

Neste código, primeiro vamos importar o módulo Faker. (Perceba que nele existem vários tipos de dados: nome, phone, random, image, etc). Vamos importar o nome por exemplo. Irá aparecer mais tipos de dados como firstName, lastName, jobArea, entre outros. Salvamos e rodamos no Node, ele nos dará um Nome e um Sobrenome aleatório. Podemos pedir para o Faker fazer isso várias vezes gerando, assim, uma grande massa de dados sem que tenhamos tanto trabalho para popular um banco de dados. Veja o exemplo abaixo.

const faker = require('faker')

for (let i = 0; i < 10; i++)
  console.log(faker.name.firstName(), faker.name.lastName())

O Faker gera uma série dados interessantes, como:

console.log(faker.helpers.createCard())

Que irá gerar uma lista com todos os dados de uma pessoa fictícia. Outro exemplo poderia ser:

console.log(faker.internet.avatar())

Nele, o Faker busca uma imagem aleatória como avatar.

Isso é diferente de gerar o loren y, pois nele geralmente há um formato padrão que começa sempre com "loren y", o que não fica muito interessante para nomes.

Depois de utilizar o Faker, você perceberá que vai ajudar muito na hora de criar novos dados para testes de forma rápida. Confira o hands-on em vídeo.

Deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários. Curta o DevPleno no Facebook, inscreva-se no canal e não se esqueça de cadastrar seu e-mail para não perder as novidades. Abraço!

Autor
Tulio Faria16 de maio de 2017

Últimas do Blog